29 de novembro de 2016

Mulheres oscilantes

Te amo muito, meu amor, te odeio, seu canalha! Não quero mais brigar, não quero ver a sua cara nunca mais. Você só quer me comer, você não tem mais tesão em mim, é isso? Hoje não, tô com dor de cabeça, hoje você chegou meio cansado, né? Você tá distante, você tá borrando toda a minha maquiagem, para! Você ainda me ama? Você ainda está chateado comigo? Precisamos conversar, não quero falar com você, tchau! Vamos ser só amigos? Some da minha vida! Preciso ficar sozinha, queria tanto que você estivesse aqui. Nossa, tô muito gorda, nossa, preciso de um chocolate. Desliga você primeiro, não quero mais falar sobre isso, vou desligar, tá? Eu tenho namorado, eu acho que estou me apaixonando. Agora só compro roupa ano que vem, só vou comprar porque está na promoção. Tô sem roupa, não consigo arrumar o meu guarda-roupa. Deixa que eu resolvo isso, será que eu tenho que fazer tudo sozinha? Você não reparou nada de novo? Mas você também hein, repara em tudo. Você tem outra, é isso? Ai, ai, vai encher o saco de outra, vai? Você que sabe, você tinha que pelo menos ter me perguntado. Droga, a menstruação atrasou, droga, a menstruação já veio. Eu nunca fiz isso antes, ah, você acha que eu nunca fiz isso antes? Você tá frio, você quer fazer toda hora. Para, para, para, não para, não para, não para.